Home » OS GUARDIÕES DA FLORESTA by SIMIÃO GOMES
OS GUARDIÕES DA FLORESTA SIMIÃO GOMES

OS GUARDIÕES DA FLORESTA

SIMIÃO GOMES

Published
ISBN :
Kindle Edition
5 pages
Enter the sum

 About the Book 

Certo dia, Rebeca embarcava em uma viagem para a casa de seus queridos parentes. Era uma tarde de domingo com pôr do sol perfeito. Chegando à rodoviária, sua felicidade transformava tudo ao seu redor, pois era a primeira viagem de sua vida.AoMoreCerto dia, Rebeca embarcava em uma viagem para a casa de seus queridos parentes. Era uma tarde de domingo com pôr do sol perfeito. Chegando à rodoviária, sua felicidade transformava tudo ao seu redor, pois era a primeira viagem de sua vida.Ao embarcar no ônibus com destino a uma pequena cidade do interior de São Paulo, Rebeca se aconchegou em sua poltrona e, ficou observando a paisagem da cidade com o pôr do sol que encantava a todos que conseguiam observá-lo. Aos poucos, a cidade foi desaparecendo da sua visão e saindo na rodovia em meio à escuridão que logo foi tomada pela claridade da lua que clareava a noite, fazendo aparecer às paisagens do cerrado com pequenas árvores. Não era possível ver o seu verde, mas era possível contemplar suas sombras com a exposição da lua que irradiava seu brilho. Passou horas admirando lá fora. Todos dentro do ônibus estavam dormindo, o brilho da lua estava mais belo ainda como se existisse apenas a lua e ela no universo.Quando, de repente... Ouviu-se uma explosão no meio do nada, paralisando todo o local. Ficou muito assustada, quis entrar em desespero, mas respirou fundo, tranquilizou seu coração e disse para si mesma:– Foi apenas um pneu! E estamos todos vivos.Começou a caminhar pelo corredor do ônibus que estava parado em meio à pista, observou cada passageiro, e todos dormiam como bebês em sonhos de felicidade. A porta que dava acesso ao motorista estava meio aberta e, ao entrar em sua cabine, ficou espantada, pois o motorista e seu companheiro também estavam em sono profundo. Nesse momento, pensou que estava ficando louca quando ouviu uma voz que dizia, cochichando aos seus ouvidos:– Você não está louca tudo isso é real.Com o coração disparado, perguntou:– Quem está aí? Quem é você?E novamente a voz cochichou em seus ouvidos:– Somos vocês mesmos, porém, em outra versão.– Como assim, nós mesmos em outra versão? Isso não existe!– Sim, existe – respondeu ele se materializando em um dos passageiros e dizendo: – Vem, quero te mostrar algo importante.Rebeca ficou sem saber se ia ou se ficava ali, porém, percebeu que não adiantava ter medo, pois já fazia parte daquela situação. Então, respirou fundo fez uma oração e o acompanhou.Desceram do ônibus e foram andando rumo ao cerrado. Chegando lá, havia uma grande pedra, pararam em frente a ela quando, de repente, aquele ser adentrou nela como se fosse um portal, ela apenas escutou a sua voz lhe chamando:– Venha!